Redução de crimes em 2017: PM e Civil de Teixeira receberão Prêmio Desempenho Policial

Major Silvio Nunes, comandante da 87ª CIPM, em Teixeira de Freitas.

O major Silvio Cerqueira Nunes, comandante da 87ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Teixeira de Freitas, falou na manhã desta quinta-feira (18/01) ao jornalismo d?OSollo sobre Prêmio por Desempenho Policial (PDP) de 2017. O prêmio por desempenho policial foi instituído pelo governo do estado para agraciar aqueles policias militares que conseguirem durante o desenvolvimento da sua função um índice de redução considerável na criminalidade em suas ações.

Esse índice é em relação ao que são chamados de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) contra a vida, e graças a excelente trabalho na proteção à vida, a 87ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), sediada em Teixeira de Freitas, foi agraciada com esse prêmio, sobretudo devido à diminuição de homicídios no primeiro semestre de 2017.

Setor de informações do CPTF tem colaborado com a redução da criminalidade

Corroborou à premiação, simbólica do ponto de vista monetário, mas, excepcional sob a ótica do empenho das polícias para resguardar a segurança da população, a união de forças entre Civil e  Militar, bem como o setor de informações do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, e, ainda, ações realizadas pelas companhias especializadas da PM, a exemplo da Cipe/Mata Atlântica, antiga Caema, Rondesp Sul, cuja sede é em Eunápolis, mas, constantemente tem guarnições em rondas por áreas críticas de Teixeira.

Segundo o major Silvio, a premiação não representa um ganho a nível de remuneração, é mais um reconhecimento. ?Nem só de trabalho vive o homem e a mulher, mas, precisamos e reconhecimento, uma palavra que seja, como ultimamente recebemos com bastantes elogio e bastantes incentivos por parte da sociedade organizada de Teixeira de Freitas, por conta das ações das festividades do final do ano?, explica.

Delegada-coordenadora da 8ª Coorpin, Valéria Fonseca. Foto Lenio Cidreira/

A delegada Valéria Fonseca, que está comando da 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Teixeira de Freitas, disse que o governador Rui Costa sancionou a lei que amplia o Prêmio por Desempenho Policial (PDP).

Com a mudança, a gratificação passou  ser paga duas vezes no ano desde 2016 ? em abril e outubro. Os policiais civis e militares que atingirem as metas para reduzir a taxa de violência da área onde atuam irão receber o PDP. Antes, o pagamento era feito só se a meta fosse atingida em todo o Estado.

O prêmio, com as novas regras, será distribuído da seguinte forma: 50% estão garantidos se as Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp) em que o policial atuar atingir a meta ou reduzir homicídios; 25% se a Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) cumprir a meta; e os outros 25% se todo o estado cumprir a meta.

A 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas pertence a Risp SUL e AISP 55. ?No ano de 2017, recebemos o prêmio de PDP2 no mês de novembro, referente à redução alcançada de 4,4 % no primeiro semestre de 2017?, conta a delegada-coordenadora, e completa: ?Bem como obtivemos redução no segundo semestre e iremos ser premiados, juntamente com a PM e Polícia Técnica, no mês de abril de 2018?, finaliza.

Deixe seu comentário