Preço médio da gasolina sobe pela 13ª semana e valor por litro é o mais alto da historia

Desde julho de 2017, quando a Petrobras (Governo Temer PMDB DEM PSDB) adotou a política de reajuste frequente no preço dos combustíveis. O preço médio da gasolina registrou alta pela 13ª semana seguida para o consumidor final, com variação de 0,35% no valor médio: .

Desde julho de 2017, quando a Petrobras adotou a política de reajuste frequente no preço dos combustíveis, a gasolina acumula alta de 19,6% no preço médio para o consumidor final.
Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (29) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A gasolina está mais cara no Acre, Rio de Janeiro e Minas Gerais, com preços a R$ 4,719, R$ 4,651 e R$ 4,423, respectivamente. A Bahia está na 17ª posição, com preço médio de R$ 4,14.

O diesel também terminou a semana em alta, em um percentual de 0,38% no período. Já nas refinarias, o preço foi ampliado em 0,26%. Já quanto à gasolina, o preço do combustível foi reduzido em 0,52%. O repasse ou não para o consumidor final depende dos postos.

O preço médio do etanol também subiu no período compreendido entre 20 e 27 de janeiro. O valor médio por litro subiu 1,31% na semana, mas no ano o percentual acumulado é 3,09%.
O preço do gás de cozinha também voltou a subir. O valor do botijão terminou a semana em alta de 0,28%.

Deixe seu comentário