Porto Seguro tem gasolina mais cara da Bahia pelo quinto ano consecutivo, diz ANP

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil 
Em 2017, ficou 13% mais caro abastecer no município de Porto Seguro
PORTO SEGURO – Pelo quinto ano consecutivo Porto Seguro tem a gasolina mais cara da Bahia, de acordo com o levantamento anual da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Com um preço médio de R$ 4,621 por litro em dezembro de 2017, ficou 13% mais caro abastecer no município do extremo sul baiano em relação ao mesmo período de 2016.

Cada litro de gasolina passou a custar R$ 0,40 a mais para a população, mas a taxa de lucro para os donos de postos caiu devido ao aumento do preço de distribuição do produto na cidade.Se cada empresário lucrava R$ 0,82 por litro vendido em 2016, esse valor caiu para R$ 0,66 no ano seguinte.

Com a queda nos ganhos, o melhor lugar para vender o combustível na Bahia se tornou Juazeiro. Cada litro vendido garante R$ 0,75 de lucro para os donos de postos da cidade, se olharmos apenas para a diferença entre as taxas de distribuição e revenda.

O preço da gasolina chegou a custar, no final de 2017, R$ 4,395 na região do Sertão Produtivo. Um aumento de 14% no valor do litro em um ano. Nos últimos 5 anos, os aumentos do preço do líquido a base de petróleo cresceu em 39% em Juazeiro e 41% em Porto Seguro.

A título de comparação, na capital baiana, o combustível foi de R$ 3,064 em 2013 para ser vendido a R$ 3,919 em 2017, um acréscimo de 28% no valor descrito nas bombas nos últimos 5 anos e de 4% em relação a 2016.

Na contramão, o lugar mais barato para se abastecer na Bahia é Feira de Santana. Com um aumento de 1% do preço em relação a 2016, cada litro na Princesa do Sertão saiu da bomba, em 2017, pela média de R$ 3,856.

Apenas 2 centavos a mais do que o valor cobrado no ano anterior, segundo levantamento a ANP. Em Feira, cada empresário dono de posto lucra, em média, R$ 0,36 por litro repassado.

Deixe seu comentário