Polícia prende dupla que matou jovem em embosca no Guarani


Estão presos, Tauan Gasparino de Paula e Erlan dos Santos, também conhecido como ?Railan? ou ?Grilinho?, dupla acusada de matar com tiros de cartucheira em uma emboscada no dia 28 de novembro deste ano, em Guarani, distrito de Prado, o jovem Danilo Pereira de Jesus.A Polícia Civil desde os primeiros momentos iniciou a coleta de informações e descobriu que a dupla havia sumido do distrito justamente na noite do crime.

Durante as investigações foi possível saber que os mesmos indivíduos haviam roubado um veículo Fiat Uno de cor branca, no dia seguinte, 29 de novembro, usando armas de fogo compatíveis com as usadas no homicídio e estariam escondidos na Aldeia Monte Dourado, usando o carro para se deslocar pela região.

Diversas incursões foram feitas pela Polícia Civil, e também pela Polícia Militar e acabaram prendendo a esposa de Tauan, a jovem Geliane, com as armas dos crimes e droga (maconha).Após a prisão de Geliane, os autores do homicídio resolveram sair da região e foram em direção a Eunápolis, para se esconder, mas acabaram alcançados em Itabela, na posse do Uno roubado.

Nesta quarta-feira, 20 de dezembro, a Polícia Civil cumpriu o Mandado de Prisão Preventiva em desfavor dos dois homicidas (Tauan e Erlan). Mandado requerido pela Autoridade Policial do Prado, e eles responderão presos, ainda em Itabela, onde foram Interrogados pelo delegado Robson Andrade.

Apesar das negativas de autoria, algumas divergências entre os Interrogatórios permitem a conclusão do Inquérito Policial com o indiciamento dos dois presos. As investigações sobre o roubo do Fiat/Uno branco ainda continuam, pois há a participação de outros dois suspeitos no crime.

Por: Uinderlei Guimarães

Deixe seu comentário