Peto salva jovem que seria executado no “tribunal do crime”

Policiais militares resgataram, , um adolescente de 14 anos que seria executado por criminosos do chamado ?tribunal do crime?, na cidade Eunápolis.

A equipe do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) recebeu uma denúncia de que quatro bandidos levaram o jovem para uma mata nos fundos do bairro Paquetá.

No local, os policiais avistaram o menor amarrado a uma árvore e sendo atacado a golpes de porrete e chicote.

Jovem foi agredido a golpes de porrete e chicote

Antes de fugir, a quadrilha chegou a trocar tiros com os policiais, mas ninguém ficou ferido.

O jovem foi encaminhado para o Hospital Regional com diversas lesões. Ele falou que foi punido porque furtou uma bicicleta na localidade.

Deixe seu comentário