Matou oito na Bahia e foi preso em Minas Gerais

Maicon Oliveira é acusado de participação num quíntuplo homicídio ocorrido em julho de 2017, em Itapetinga. A 21ª Coorpin investigou o caso. Foto: SSP/BA

Uma ação integrada das Polícias Civis da Bahia e de Minas Gerais cumpriu, nesta terça-feira (2), um mandado de prisão temporária contra Maicon Campos Oliveira, o ?Maiquinho?, de 25 anos, acusado de envolvimento no quíntuplo homicídio ocorrido, na cidade de Maiquinique, em julho do ano passado.

Maiquinho foi localizado em Nova Lima, cidade mineira, onde foi cumprido o mandado expedido pela justiça baiana, depois de solicitação da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Itapetinga, que investigava o caso e descobriu seu paradeiro. Desde então, a unidade vinha mantendo contato com a delegacia do município.

De acordo com o delegado Roberto Júnior, coordenador da 21ª Coorpin/Itapetinga, a Maicon são atribuídos, no mínimo, oito homicídios nos municípios de Itapetinga e Maiquinique. ?No caso da chacina, temos evidências de sua participação?, disse o coordenador, que sempre esteve à frente das investigações.

O delegado disse também que, durante a abordagem em Nova Lima, Maiquinho, a princípio, se identificou como sendo Rafael, mas posteriormente acabou confessando o verdadeiro nome. ?Nos próximos dias ele será recambiado para Itapetinga, onde responderá aos inúmeros inquéritos que pesam contra ele?, concluiu Roberto Júnior.

 

Deixe seu comentário