Jovem teixeirense é estuprada e assassinada por esganadura na Praia de Cumuruxatiba em Prado

Segundo informações, a jovem, o namorado e outras 04 pessoas teriam ido acampar próximo à referida praia, e após uma noite regada a muita bebida alcoólica, a Erika e uma amiga teria saído de perto dos amigos, e a Erika teria se perdido desta amiga. A amiga retornou ao acampamento sozinha, e embriagada, teria ido dormir na barraca.

No outro dia, todos saíram em busca da Erika, encontrando o seu corpo. A Polícia Militar foi acionada, esteve no local e tomou as devidas providências. O delegado titular de Prado, Kleber Gonçalves, autorizou a remoção do corpo, que foi realizada pelo agente público, Anderson Barbosa. O corpo foi removido ao IML de Teixeira de Freitas, onde passou por necropsia.

PUBLICIDADE

Segundo apurou nossa reportagem, a necropsia confirmou a morte por asfixia provocada por esganadura, sendo confirmada também a violência sexual. A Polícia Civil vai ouvir todos os envolvidos. Um inquérito policial será instaurado.

FONTE – Liberdadenews

Deixe seu comentário