Detento é assassinado na enfermaria do presídio em Teixeira

Um interno identificado como, Geová Gomes da Silva, de 24 anos, foi assassinado no início da manhã desta quinta-feira, 9 de novembro, no interior do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF).

De acordo com a Polícia, Geová foi encontrado por um agente penitenciário por volta das 6 horas, na cela da enfermaria do presídio caído com um pedaço de tecido amarrado no pescoço. No local havia marcas de sangue na parede e no chão ao redor da vítima.

O Samu foi acionado pela administração da unidade prisional e os socorristas constaram que o interno estava morto. A Polícia Civil juntamente com o Departamento de Polícia Técnica esteve no local e após o procedimento pericial, o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal.

Durante o levantamento cadavérico, a Polícia Civil constatou que a cela da enfermaria do CPTF era utilizada por apenas dois presos com problemas psiquiátricos que não foram aceitos pelos internos de nenhum outro setor.

Após o crime, João Carlos foi conduzido para a delegacia

O autor do assassinato identificado como, João Carlos Amaral de Jesus, o ?Talinho?, foi preso em Caravelas no dia 30 de outubro, em cumprimento a mandado de prisão preventiva por roubo, já a vítima estava presa desde o dia 24 de setembro, pela prática de homicídio qualificado na cidade de Jucuruçu.  Os dois dividiam a cela da enfermaria há alguns dias e não apresentaram qualquer problema anterior entre si. 

No retorno do levantamento cadavérico, agentes penitenciários do CPTF já se encontravam na delegacia apresentando o autor do homicídio.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.