Saiba como enfrentar a violência infantil na Conferência Infância Protegida

Evento acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de março na Lagoinha Nova Lima
infancia

Com o objetivo de capacitar pessoas e trazer propostas para o enfrentamento e eliminação de qualquer tipo de violência infantil, a Lagoinha Nova Lima sediará, entre os dias 4 e 6 de março, a Conferência Infância Protegida.

O evento visa colaborar com o ?Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra crianças e adolescentes?. Por meio de ensinamentos específicos, a atividade possibilita à igreja a adequada compreensão sobre as várias formas de violência contra a criança e como enfrentá-las.

A conferência contará com diversos especialistas. São eles:

? Washington de Sá

Pastor, pesquisador e professor.

Tema: Erotização infantil / Mídia e comportamento infantojuvenil e sexualidade.

? Ivan Ferreira

Educador Social, pedagogo, psicopedagogo, especialista em Democracia.

Temas: Trabalhando a resiliência e os fatores de proteção no espaço de convívio da criança e adolescente / Estabelecendo conexões e construindo redes de promoção e proteção da criança e do adolescente no município.

? Damares Alves

Advogada, educadora e pastora.

Temas: Mapa da violência contra a criança / Educação sexual para crianças.

? Ulisses Braga (Tio Uli)

Atua há mais de 30 anos no Ministério de Evangelização de Crianças.

Tema: A necessidade e a importância de modelos positivos no enfrentamento aos problemas vividos pelas crianças na sociedade atual.

? Alessandra Lanza

Psicóloga, psicopedagoga, especialista no tratamento a partir de situações de violência contra a criança e o adolescente pelo Projeto Cavas/Universidade Federal de Minas Gerais.

Tema: Desenvolvimento da sexualidade na infância e na adolescência.

Sobre a inscrição

As inscrições estão abertas e podem ser realizadas pelo site Infância Protegida (clique aqui), ou presencialmente, na Lagoinha Nova Lima (Rua Vereador João Furtado,41 ? Cariocas ? Nova Lima). Lembrando que as vagas são limitadas, ou seja, no dia, só serão realizadas inscrições se houver vagas.

Para outras informações, acesse o site Infância Protegida (clique aqui) ou entre em contato pelo número (31) 3421-5018.

:: Raissa Sossai

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.