Após dar tiros em sua oficina, “Jô Radiador” é preso embriagado

A soma das penas para os referidos crimes faz com que o delito seja inafiançável

A Central de Informações 190 da 87ª CIPM de Teixeira de Freitasrecebeu uma ligação denunciando uma pessoa que estaria realizando disparos de arma de fogo no interior de uma oficina, que fica localizada na rua Espírito da Paz, no bairro Monte Castelo. Uma guarnição do PETO foi deslocada para averiguar as informações, e chegando lá, os militares identificaram o denunciado.

Trata-se de Joselito Francisco dos Santos, conhecido como ?Jô Radiador? (34 anos), morador no mesmo endereço da denúncia, já que o mesmo mora em uma residência que faz anexo à oficina, no qual o denunciado é proprietário.

   Os militares perceberam que o acusado pelos disparos estava visivelmente embriagado. Foi solicitado ao mesmo, autorização para fazer uma busca no interior da residência, bem como da oficinal, para tentar encontrar arma utilizada.

A referida arma foi encontrada pelos policiais dentro de um armário na cozinha da casa, tratando-se de um revólver modelo SMITH WESSON, de calibre .32, com capacidade para 6 tiros, com a numeração 17501. O mesmo estava com 6 cartuchos em seu tambor, sendo 0 deflagrados e 1 intacto. Os militares, então, deram voz de prisão ao suspeito Joselito, e o conduziu para a Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas.

O Jô Radiador foi apresentado para o delegado plantonista, Maderson de Souza, que o flagranteou por porte ilegal de arma de fogo, e por disparo de arma de fogo, após ter a comprovação que foi realmente o acusado que realizou os disparos, através de um vídeo que foi gravado pelo próprio através de um celular, que foi apresentado juntamente com a referida arma, e o acusado.

   A soma das penas para os referidos crimes faz com que o delito seja inafiançável.

Após para ser ouvido, Jô foi conduzido para a carceragem da 8ª COORPIN, onde ficará à disposição da Justiça Criminal da Comarca do referido município.


Por Cloves Neto/

Deixe seu comentário