ACM Neto é investigado pela 4ª vez em corrupção envolvendo Prefeitura de Salvador

Prefeito ACM Neto é investigado pela 4ª vez sobre o escândalo de corrupção envolvendo Prefeitura de Salvador e Construtora Odebrecht

Foto: Reprodução

Olá minhas fofoqueiras e meus fofoqueiros de plantão, o prefeito de Salvador adora vive nas manchetes e dessa vez é 4° vez que seu nome é envolvido em escândalo de corrupção. Desde que o executivo do Grupo Odebrecht, André Vital, delatou ACM Neto na operação Lava Jato, sobe para quatro o número de investigações em curso sobre o escândalo da obra de requalificação da orla da Barra, em Salvador.

Depois do Tribunal Regional Federal da 1* Região em Brasília, da Justiça Federal da Bahia, do Ministério Público Estadual, agora é o Ministério Público Eleitoral que abriu inquérito para apurar o caixa 2 na campanha de ACM Neto em 2012. André Vital afirmou na sua delação que deu R$ 2,2 milhões à campanha de ACM Neto. A suspeita da justiça é que a Odebrecht recebeu a execução da obra da Barra como recompensa por essa doação. Há também indícios de superfaturamento da obra que custou mais de R$ 60 milhões. O prefeito não consegue sair dessa enrascada.

Deixe seu comentário