São João de Itamaraju segue a tradição de vaiar prefeitos mau avaliados em eventos de massa

Os festejos juninos em Itamaraju no ano de 2018, intitulado “Arraiá para cuidar e viver” ocorrido entre os dias 21 e 24 de junho protagonizou uma já tradicional cenário nos festejos juninos itamarajuenses; estou me referindo  a vaia  Colossal que foi registrada em pelo menos dois dias do evento, inclusive com vídeos que circularam nas redes sociais.

As vaias foram direcionada ao Prefeito Municipal de Itamaraju e alguns correligionários. Nem mesmo as atrações de peso como Naiara Azevedo e Amado Batista conseguiram conter a manifestação de descontentamento com a atual gestão, as vaias vocalizadas  pela grande maioria dos presentes em praça pública atestam na verdade a má avaliação da administração Angênica nesses primeiros 18 meses.

Este mesmo Episódio já vem se tornando tradicional em Itamaraju em eventos públicos, uma vez que o mesmo fato aconteceu com vários prefeitos que antecederam Marcelo Angênica, a exemplos de Dilson Batista Santiago, Tarciso Carletto, e até com a Lucilene Curvelo peça forte do governo Pedro da Campineira, podendo citar ainda Orlandino Lopes da Paixão e Aílton da Costa Pereira.

 

Deixe seu comentário