Preso acusado de tentar assassinar vereadora em Itapebi; suposto mandante está foragido

Gidevan Oliveira da Silva, de 21 anos, foi preso nesta segunda-feira, 8 de março, pela Polícia Civil de Eunápolis. Ele é acusado de envolvimento na tentativa de homicídio contra a vereadora Veronice Romana, crime ocorrido no dia 5 de fevereiro no município de Itapebi.

Segundo apurou o site Radar64, Gidevan é sobrinho do suplente da vereadora Cristiano Pereira da Silva (PRTB), de 40 anos, que também teve a prisão decretada, mas não foi encontrado.

Segundo investigações realizadas pela Polícia Civil, Gidevan foi contratado por Cristiano para cometer o crime afim de que ele assumisse o mandato. Ele está sendo procurado.

PUBLICIDADE

Na tentativa de inutilizar provas, no momento da prisão, Gidevan quebrou seu aparelho de celular. O veículo utilizado na tentativa de homicídio foi apreendido na zona rural do município.

Além disso, a polícia ainda tenta localizar a arma utilizada no atentando contra a vereadora.

fonte Radar64

Deixe seu comentário