“Precisamos restabelecer o processo democrático e devolver os direitos políticos de Lula”, diz Valmir

Defensor do legado administrativo deixado pelos governos petistas, o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) voltou a se pronunciar na Câmara pela retomada do processo democrático do país. Para o parlamentar, essa retomada começa com a devolução dos direitos políticos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Nesta terça-feira (23), Assunção divulgou vídeo dizendo que as crises que o Brasil enfrenta começaram logo depois do impedimento do governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

“Essas crises que vivemos começaram quando derrubaram o governo Dilma, legitimamente eleito pelo povo. Agora, precisamos restabelecer o processo democrático, dando o direito ao ex-presidente Lula de ser candidato mais uma vez. Precisamos dar a oportunidade de Lula unir esse Brasil de novo. Também é preciso suspender o ex-juiz Sérgio Moro, que montou um conluio com o Ministério Público Federal para tirar Lula da disputa presidencial que acabou elegendo Bolsonaro”, critica Valmir.

PUBLICIDADE

Assunção diz que “enganaram o povo” dizendo que o impedimento iria melhorar a vida das pessoas. “Agora, são 15 milhões de pessoas desempregadas e todas elas perderam a esperança no governo”. O petista baiano faz um breve relato do que se transformou o Brasil após o processo de impeachment. Ele concorda que as crises sanitária e econômica destroem empregos e trava o desenvolvimento do país.

 

“Sem contar na crise social, onde se acabou as políticas sociais para o nosso povo que vive nas cidades e no campo. E a crise ambiental que todos viram. Agrediram o meio ambiente do nosso país violentamente. Tudo isso começou quando tiraram a presidente Dilma do governo em 17 de abril de 2016. A partir daquele dia foram destruindo a democracia, as políticas públicas e o estado brasileiro por completo”, finaliza Valmir.

 

Deixe seu comentário