Plano de ação Territorial de Mandiocultura realiza coletiva de imprensa em Teixeira de Freitas

Foi realizado na manhã de terça feira (13), no auditório da Câmara de Vereadores do município de Teixeira de Freitas, no extremo sul baiano, uma coletiva de imprensa para a apresentação do Plano de Ação Territorial da Mandiocultura (PAT).

O evento deu início as comemorações da Semana do Agricultor realizada pela Secretaria de Agricultura da prefeitura de Teixeira de Freitas, com a participação de representantes do Banco do Nordeste e do Secretário de Agricultura de Itamaraju, Ivan Favarato Filho.

A reunião foi presidida pelo secretário de Agricultura, Dori Neves, que também divulgou as ações da pasta executadas nos últimos anos.

O objetivo do encontro foi expor os produtos produzidos por agricultores, treinados pelo PAT e apresentar as ações do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste (PRODETER) no Extremo Sul da Bahia, iniciado no ano de 2016.

Segundo Araides Martins e Fabiana Longo, o programa foi construído de forma coletiva junto ao Colegiado Territorial, possuindo mais de 80 ações ligadas a avaliação, resgate, multiplicação e produção de material genético por meio da REDE RENIVA da EMBRAPA; visando junto com o sistema sustentável de produção aumentar a produtividade da mandioca; capacitações, adequação no beneficiamento da mandioca por meio do Programa Farinheira Sustentável; Comercialização; Associativismo, Financiamento entre outras ações.

O plano integra 11 municípios: Alcobaça, Caravelas, Ibirapuã, Itamaraju, Prado, Teixeira de Freitas, Nova Viçosa, Mucuri, Jucuruçu, Medeiros Neto, Lajedão, com ativa participação das Secretarias municipais da Agricultura.

O plano integra 11 municípios: Alcobaça, Caravelas, Ibirapuã, Itamaraju, Prado, Teixeira de Freitas, Nova Viçosa, Mucuri, Jucuruçu, Medeiros Neto, Lajedão, com ativa participação das Secretarias municipais da Agricultura.

Na Semana do Agricultor o foco é debater formas de profissionalizar e oferecer alternativas para o agricultor familiar criar espaços e oportunidades de desenvolvimento, para que a agricultura familiar possa contribuir ainda mais para o desenvolvimento do país.

Por Cassio Marchesini 

Deixe seu comentário