MST na Bahia, realiza formatura da pós-graduação Agroecologia e Educação

Na tarde ensolarada  deste domingo (12) o Assentamento Jaci Rocha no município de Prado extremo sul da Bahia, foi palco de uma conquista da reforma agraria, 41 discentes da pós-graduação de Agroecologia e Educação, participaram de cerimônia de certificado  de especialista em Agroecologia e Educação.

O curso é  fruto  da emenda parlamentar do deputado Valmir Assunção, sendo uma parceria do  movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra- MST/BA  e a Escola Popular de Agroecologia e Agrofloresta Egídio Brunetto com a escola  Politécnica de Saúde  Joaquim Venâncio, vinculada a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), um dos mais importantes órgão de pesquisa  e educação em ciências e saúde da América Latina.

O Curso teve início no dia 14 de janeiro de 2019, e visou aprimorar a formação dos educadores e educadoras que atuam 16 escolas do campo do MST nas regionais Baixo Sul e Extremo Sul da Bahia.

A turma foi batizada com o nome “Semente Crioulas”. Os discentes tiveram aulas de alternância na Escola Popular de Agroecologia e Agrofloresta Egídio Bruneto. Depois conduziam suas pesquisas e trabalho educacionais nas escolas, acampamento e assentamento do MST. Essa pedagogia do movimento pretendeu unir teoria com a prática, intercalando a escola com a comunidade e a comunidade com escola.

Deixe seu comentário