Melhorou!- HMI que não engessava braço, fez cirurgia de fêmur em Itamaraju.

Por Ornes Jr

O HMI – Hospital Municipal de Itamaraju que há alguns anos não conseguia sequer engessar um braço quebrado agora realiza cirurgia de fêmur de alta complexidade a chamada cirurgia eletiva.

O fato aconteceu na última quarta-feira dia 11 de dezembro quando na oportunidade a primeira cirurgia de fêmur no município de Itamaraju foi realizada no paciente Blendersom Souza dos Santos, o cirurgião Dr. Cristiano Barreto se emocionou com a realização e conversou com a nossa reportagem.

O feito inédito estabelece um divisor de águas no hospital municipal de Itamaraju e faz saltar aos olhos a significativa melhora pela qual vem passando nos últimos anos aquela unidade hospitalar. A aquisição da sala vermelha a semi-uti, por exemplo; foi fundamental para que a cirurgia de fêmur, um procedimento cirúrgico de alta complexidade pudesse ter sido realizado no hospital.

Confira as palavras da senhora Aparecida da Silva mãe do paciente, da diretora do HMI Adriana Novaes, e do cirurgião Cristiano Barreto- play

OUÇA O ÁUDIO PLAY

Para de conseguir fazer a primeira cirurgia ortopédica eletiva de fêmur da história de Itamaraju, alguns critérios técnicos precisaram se seguidos, como a idade do paciente, exames laboratoriais satisfatórios, bolsas de sangue reservadas para eventual necessidade, e vaga reservada na semi UTI (a sala vermelha).

A cirurgia de alta complexidade foi realizada no dia 11 (quarta feira), e o paciente teve alta no ultimo sábado dia 14/12 (sábado), conforme nos informou a Direção do Hospital.

Deixe seu comentário