Jovem é assassinado enquanto dorme; e em rápida resposta PM prende acusado

Um jovem foi morto na manhã desta terça-feira (6) enquanto dormia em sua residência, na Rua Novo Mundo, no Bairro Monte Santo, na cidade de Itanhém. A suspeita é a de que o agressor tenha usado um pedaço de madeira para golpear a cabeça da vítima.

 

Uma foto da cena do crime sugere que Bruno Santos Gama, de 19 anos, foi pego de surpresa e que teria desfalecido logo depois dos golpes. O corpo estava coberto e em posição de relaxamento. Marcas de sangue espalhadas pelo colchão registraram a violência do golpe.


A Polícia Militar agiu rapidamente e identificou Ramon Santos Porto, de 30 anos, como sendo o autor do homicídio. O acusado foi encontrado em cima de uma laje e, na tentativa de imobilizá-lo, um dos policiais acabou entrando em luta corporal e, na sequência, ambos caíram do local. O PM ferido foi levado imediatamente para o Hospital Maria Moreira Lisboa e, logo em seguida, ao Hospital Regional de Teixeira de Freitas, com suspeita de ter fraturado a clavícula.

De acordo com informações, Bruno era pago pela mãe de Ramon para tomar conta dele, e dormia na casa. Ainda de acordo com relatos, Ramon tem problemas psicológicos, faz uso de remédios controlados e tem histórico de várias agressões, inclusive contra seu padrasto. Em conversa informal com os policiais, ele disse que ouviu vozes que mandavam matar Bruno.


Ramon Santos Porto foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Medeiros Neto e autuado por homicídio por motivo torpe, resistência à prisão e agressão contra um policial.

Deixe seu comentário