Itamaraju- Câmara aprova o piso nacional para agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias

A sessão deliberativa da Câmara Municipal de Itamaraju a corrida na noite da última terça-feira dia 12 de Março, contou com a presença dos 15 vereadores a sessão aprovou o projetos de lei, pedido de providências, indicações, e contou com o clássico debate durante o franqueamento da palavra entre os vereadores.

O ponto alto da sessão foi a aprovação da lei que regulamenta o piso nacional para agentes comunitários de saúde e agentes de combates de endemias com a adequação do vencimento-base inicial de carreiras.

Os pedidos de providência e as indicações listadas abaixo bem como um projeto de lei piada Qual o piso salarial dos agentes de saúde e agentes de combate a endemias e o projeto de lei que criou o cargo de diretor de comunicação social e eventos da Câmara Municipal foram aprovados por unanimidade.

Pedido de providência 10/2019 – Solicitando a construção da quadra poliesportiva no bairro Marotinho, realizado pela vereadora Rosineide Cunha;

Pedido de providência 13/2019- Solicitação de patrolamento e recuperação das estradas da Comunidade dos Pereiras e Nova Alegria, de autoria do vereador Edson Dias.

Pedido de providência 11/2019 – Cobrando da Secretaria de Obras a substituição de lâmpadas e melhoria no sistema de iluminação no distrito de Nova Alegria, proposto pelo parlamentar Edson Dias;

Pedido de providência 12/2019- Também reparos no Sistema de Iluminação da comunidade do Córrego da Barriguda, efetuado pelo parlamentar Chico Gilo;

Indicação 07/2019 – Construção de um abrigo de ônibus no Córrego da Barriguda, solicitado pelo vereador Chico Gilo.

Pedido de providência 14/2019 –  Solicitando ao governo municipal a recuperação da rua Goiás no bairro Santo Antônio, realizado pela vereadora Isabel Cristina;

Indicação 05/2019-  Cobrando a pavimentação das ruas São Pedro, Providência, Santo Amaro, São Raimundo e Rua Redenção nos bairros Várzea Alegre e Novo Prado; Efetuado pela parlamentar Jose Augusto;

Indicação 06/2019 – Construção de trevo na Rua Ângelo Polon, realizada pelo vereador Isaque Ribeiro;

Durante os debates os vereadores tiveram o tempo regimentar de 15 minutos cada para poder descansar sobre os temas relevantes à comunidade esteve no centro do debate a declaração reincidente do vereador Egnaldo em veículos de comunicação que para muitos vereadores foi interpretada como um ataque institucional a Câmara, uma vez que o vereador Egnaldo em rádios tem feito afirmativa de que é melhor fechar a câmera e fazer uma revisão na Constituição, levando ao público ouvinte ao entendimento de que a Câmara municipal é pouco produtiva o que simplesmente para nada serve.

áudio de Egnaldo “fechar a Câmara” – PLAY

Para colegas da oposição a contestação da declaração sobre o fechamento da Câmara foi conotado como “baixaria”, e nenhuma opinião foi registrada sobre o que foi dito por Egnaldo em detrimento da Imagem institucional do poder Legislativo.

Após aprovação unânime das matérias pautadas para a sessão ordinária na Câmara, o presidente do Legislativo Municipal o vereador Adriano Pinaffo, chamou a atenção de seus colegas para que na próxima sessão possam debater a questão do eucalipto em Itamaraju, ele afirmou ter a informação, que 10 fazendeiros estão se mexendo na justiça para derrubar a lei que limita o avanço da monocultura do Eucalipto em terras Itamarajuenses.

veja também:

 

 

Deixe seu comentário