EXCLUSIVO:Filha de Euzilene Santana fala sobre a situação de sua mãe no HMI

Por Ornes Júnior

Ouça o conteúdo desta matéria e a entrevista com a filha da paciente- Play

Na manhã desta quinta-feira dia 20 de setembro uma notícia motivada por uma postagem de Facebook, estarreceu a população de Itamaraju, buscando por luz sobre os fatos, a fim de trazer a verdade à tona, a equipe do estudionotícias checou as informações junto ao HMI

Nosso  primeiro contato foi feito com a diretora do hospital municipal de Itamaraju Adriana Novaes e teve desdobramentos com médicos o Secretário Municipal De Saúde a equipe de assistência social responsável pelo acompanhamento da paciente, bem como familiares que acompanhavam dona Euzilene.

Durante a exaustiva apuração dos fatos chegamos à seguinte conclusão:

A paciente Euzilene Santana da Silva de 39 anos, do sexo feminino, deu entrada no Hospital Municipal de Itamaraju no dia 20/09, valendo ressaltar que esteve internada anteriormente no HMI e teve a sua alta pedida pela própria família que por opção a levou a Porto Seguro na tentativa sem sucesso de resolver o problema da paciente.

Acabou voltando ao Hospital Municipal de Itamaraju no dia 20/09 a última quarta-feira, apresentando dor abdominal intensa, constatou-se ser portadora da doença de CHRON, apresentando anemia, leucocitose intensa, plaquetopenia, emagrecimento, hiporexia, sendo questionada inclusive a hipótese diagnóstica de leucemia, fazendo-se portanto necessário um internamento de hematologista com urgência.

A cronologia dos fatos

 Euzilene deu entrada no Hospital Municipal de Itamaraju no dia 14 /09 onde a família solicitou alta para seguir por vontade própria para o hospital de Porto Seguro, saindo do HMI após assinar o termo de responsabilidade, devidamente orientada pela equipe plantonista sobre os possíveis riscos da remoção, bem como os agravantes devido ao abandono do tratamento na unidade de Itamaraju, que se deu no dia 16 /09.

No dia 18/09 após uma consulta particular com a Doutora Simone Lígia hematologista na cidade de Teixeira de Freitas, ela retornou à unidade do Hospital Municipal de Itamaraju dando entrada no pronto-socorro por volta das 19 horas do dia 19/09, sendo avaliada e medicada, sendo oferecidos cuidados da equipe plantonista, que solicitou a vaga de transferência para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas no mesmo dia da entrada. Sem resposta à solicitação da vaga um novo pedido foi feito, nas primeiras horas desta quinta-feira. Na ocasião vária contatos foram realizados a fim da liberação da vaga de internação hematológico com urgência.

Felizmente no fim da tarde de quinta-feira 20/09, menos de 24h após a sua entrada no HMI, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde sobre o comando do secretário Elan Wagner, O “ Elan DE Lozinho” lograram êxito e conseguiram a vaga em Teixeira de Freitas. O Secretário Municipal De Saúde, Elan Wagner em contato conosco no fim do dia de hoje rendeu elogios e agradecimentos ao empenho e a boa vontade que encontrou em verdadeiros parceiros no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, que lhe ofereceram todas as condições para que o caso grave da paciente Euzilene Santana da Silva de 39 anos pudesse ter um desfecho satisfatório.

Durante a apuração dos fatos, a equipe do estúdionotícias pode conversar com a jovem de prenome Louise, filha da paciente que nos trouxe informações nas primeiras horas do dia da situação da sua mãe bem como do tipo de atendimento que recebeu por parte da equipe do Hospital Municipal de Itamaraju e do médico responsável pelo seu caso o Dr. Sérgio Roberto de Assis.

VEJA TAMBEM:

Deixe seu comentário