“Dieguinho” é assassinado a tiros no distrito de Pirajá em Itamaraju

Itamaraju: O homicídio consumado aconteceu na tarde desta quinta-feira, 15 de julho, na Fazenda Pouso Alegre, no distrito de Pirajá, interior do município de Itamaraju. De acordo com as informações, um homem que trabalhava como vaqueiro da fazenda, demorou de retornar ao distrito de Piraja e, preucupado, o proprietário da fazenda, foi até a sua propriedade rural.

Ao chegar no local,  encontrou a motocicleta e o vaqueiro jogado no pasto, alvejado por 03 (três) tiros, na cabeça, costa e braço. A vítima foi identificada como sendo, Diego Galvão Couto, 21 anos, muito conhecido por “Dieguinho”. Policiais militares da 43ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) estiveram no local e preservaram a área do crime até a chegada da Polícia Técnica (DPT).

O delegado titular, Gilvan de Meireles, autorizou o servidor público Anderson Barbosa a remover o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) de Itamaraju para exames de Medicina Legal e, posteriormente, foi liberado aos familiares para sepultamento. A motivação e a autoria ainda são desconhecidas. Mas, circular nas redes sociais im vídeo em que o “Dieguinho” se envolveu em uma briga no dia anterior.

PUBLICIDADE

As imagens mostram o Dieguinho agredindo uma pessoa com um pedaço de pau, e pessoas tentando separar a briga. A Polícia ainda não sabe se o homicídio tem a ver com essa briga. Um inquérito policial foi instaurado para investiga o homicídio consumado.

Por: Lenio Cidreira/Liberdadenews

 

Deixe seu comentário