Comer carne de abate clandestino causa sérios riscos a saúde, que em seus desdobramentos pode levar a morte

As constantes apreensões de carnes de abates clandestinos na região preocupam as autoridades que alertam a população para a importância do consumo de alimentos inspecionados e dos riscos decorrentes da ingestão de produtos de procedência duvidosa.

A grande tarefa do Ministério Público e da ADAB é conscientizar a todos quanto à necessidade de consumir apenas produtos seguros que possuam os Selos de Inspeção Estadual (SIE) e Inspeção Federal (SIF).

A Portaria 304 e a instrução Normativa 51, ambas do Ministério da Agricultura (Mapa), que regulam a qualidade do leite, carnes e derivados prevê penalidades severas para os abatedores clandestinos e para os vendedores dos produtos ilegais.

Cuidado

Carne bovina sem inspeção sanitária pode causar tuberculose, cisticercose, salmonelose, surtos de diarréia e intoxicação alimentar.Exija para consumo em seu lar, carne bovina inspecionada

Carne clandestina

Vender é crime
Comprar é burrice
Consumir é irresponsabilidade.
Exija no momento da compra ou do consumo em restaurantes a certificação de procedência do produto de origem animal.

Deixe seu comentário