Ato em Itamaraju reforça cobrança pela liberdade de Lula

 

O movimento Lula Livre, que reúne no extremo sul baiano partidos da esquerda e entidades sindicais promoveu na noite desta sexta-feira (13) um novo ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso na superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba (PR), desde o último dia 7.

Militantes do movimento fizeram uma concentração na Praça Castelo Branco, próximo à estação rodoviária, onde reforçaram a cobrança em torno da libertação de Lula. A defesa recorreu nesta sexta da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, que negou habeas corpus para evitar a prisão do ex-presidente. No recurso, os advogados pedem a soltura imediata de Lula.

Vestidos de vermelho e com bandeiras e faixas, o grupo criticou a prisão, a que chamou de “arbitrária” e realçou o lema “Eleição sem Lula é fraude”.

Na terça-feira passada (10), o movimento realizou uma caminhada no bairro Várzea Alegre, despertando a atenção dos moradores do local.

Deixe seu comentário