Angênica é denunciado no MPE por possíveis irregularidades em asfalto


Foi protocolado pelo Vereador Evando Rodrigues (SD) nessa terça-feira 10 no Ministério Público Estadual (MPE) mais uma denúncia contra o prefeito Marcelo Angênica (PSDB), por suspeita de improbidade administrativa.

Documentos apresentados ao MPE pelo Vereador Evandro, sugere a existência de crimes na execução do contrato firmado em 06 de outubro de 2017 entre o município de Itamaraju e a empresa Scopel Construções e Pavimentações LTDA – ME  no valor global  de R$ 1.414.213,34 (Um milhão, quatrocentos e quatorze mil, duzentos e treze reais e trinta e quatro centavos). Segundo o disposto no contrato, seriam executados vários serviços, incluído a recuperação dos calçamentos e a limpeza da obra.

Segundo apuração feita pelo vereador Evandro, o serviços que deveriam ser realizados pela empresa, na verdade foram realizados por homens da prefeitura. De acordo com o parlamentar “a prefeitura pagou mais de R$ 100 mil à empresa e os serviços foram feitos por garis e operários da prefeitura, causando prejuízo ao município”.

A denúncia ainda revela que ruas que não foram asfaltadas já foram pagas pela prefeitura: “Ainda observamos que de acordo com os documentos apresentados no Processo de Pagamento Nº 2602 (segunda medição), ainda foram pagos aproximadamente R$ 25.000,00 reais para a pavimentação da segunda parte da rua Presidente Kennedy que representa 56 metros lineares. No entanto, conforme fotos em anexo e publicação da página do gestor municipal, foi feito apenas a colocação de meio fio e restos de asfaltos retirados da obra realizada na rodovia BR-101, serviço este realizado todo com máquinas  e servidores da prefeitura municipal”.

Evandro finalizou a denúncia solicitando que o representante do MPE apure os supostos crimes de improbidade administrativa com a responsabilização dos envolvidos para que seja reparado o prejuízo causado ao erário público.

Deixe seu comentário